terça-feira, 18 de dezembro de 2007

tão perto e tão longe...


O jornal Público on-line vai de vento em popa no rigor científico. A notícia da imagem relata um acontecimento estelar cuja distância à terra varia entre 1400 anos-luz, no título, 1400 milhões de anos-luz e 10 mil milhões de quilómetros no corpo do texto. Qual o valor certo? Acerte e ganhe uma torredeira assinada pela amiga Olga ou umas cuecas usadas da Lili Caneças.

10 comentários:

Einstein disse...

o espaço é relativo...

Alcoitado disse...

Siga 'pa bingo! Que importa o rigor? É apenas um meio de comunicação de massas a tentar vender lixo. Queres rigor, vai estudar!!

Laranjina PSD disse...

Eu penso que o jornal "Público" sempre tentou ser uma referência diária de qualidade, ainda que com grande descuido nas gralhas e cada vez menor qualidade jornalística. Não que seja um jornal especializado ou para as elites académicas, militares, políticas...no máximo serve a plutocracia (que não tem nada a ver com o cão Pluto da Disney). Penso que por tudo isto tem alguma obrigação de informar com rigor e ter cuidado a confrontar as suas fontes e a rever os seus artigos. Aqueles que não sejam (al) coitados poderão mesmo exigir a essa informação para serem melhor informados. De contrário, diparate por disparate, lixo por lixo vai-se buscar o jornal gratuíto que sai mais barato... ou então pede-se aos (al) coitados que pensam que toda a gente tem que estudar tudo ou só ter interessse por aquilo que estuda!

Toma lá que já almoçaste, sejas quem fores na democracia bloguista!

Al Coitão disse...

Eu quero participar e ganhar umas cuecas usadas da Lili Caneças! Como concorro?

departamento jurídico disse...

É fácil. mandas um e-mail com a resposta juntamente com a prova de transferência bancária de 17 euros (NIB indicado no blog cresceiemultiplicaivos). Os prémios serão entregues salvo rotura de stocks, caso em que será apenas enviado um certificado de participação via e-mail.

alcoitado disse...

Já tinha almoçado almôndegas. Caso o colega não tenha lido o frontespício do boletim, saiba que este é suposto ser recheado de sátiras e coisas que tal.
Está mal? Mude-se...e não se esqueça do pequeno-almoço logo pela manhã.

Laranjina PS disse...

Portantos eu penso de que o rigor é muito importante. Quando leio a revista "Caras" ou a "Gente" gosto de ser informado com rigor!

Em relação às almôndegas fico grato pelo facto de não te teres esquecido do acento circunflexo, porque eu cá tomo o pequeno almoço todo os dias a não ser que o Pinto da Costa me recomende a jogar pela direita. ahh é verdade! Acreditam que eu sou primo do Fernando Pessoa???

Nuno Ruaz disse...

Não sei porque é que eu sou trazido aqi para a colecta!

Zé dos 30 disse...

Por este andar chegamos aos 30é dos 30

newbee disse...

quando é no anus também vejo luz, mas ainda não cheguei aos 1400...