quarta-feira, 26 de novembro de 2008

O eterno carnaval



Que a ala insalubre do PSD na Madeira seja um antro de cópulas financeiras do maior deboche já se suspeita há uns anitos, não é senhor Jaime Rambos? Que a mesma ala, pelo seu audível porta-voz Aberto John Garden, pratique o gozo quasi diário com o povo fazendo-o (ao povo) de acéfalo, também não é novidade. O que é novidade é o novo requinte jocoso: tal como diversos partidos políticos, que têm o omnipresente Jacinto Leite Capelo Rego como fiel militante, também o PSD-Madeira decidiu ornamentar o seu rol de ovelhas com duas puro-sangue lusitanas de seu nome:

Coito Pita e Trancada Gomes.


As bases rejubilam pelo bom resultado estético: Coito à base de Trancada na Pita.


No original, http://jornal.publico.clix.pt/default.asp?url=%2Fmain%2Easp%3Fc%3DA%26dt%3D20081126%26id%3D15170354 :

"O Grupo Banco Português de Negócios tem ligações a deputados do PSD-Madeira na Assembleia Regional. Tranquada Gomes, membro da direcção do grupo parlamentar do PSD-Madeira, é o advogado na região de Abdool Vakil, presidente do Banco Efisa, incluído no grupo BPN. Além disso, o Efisa tem "representação permanente" da sua sucursal financeira no off-shore na Madeira no escritório que esse advogado mantém com Coito Pita, outro deputado do PSD na Assembleia Regional.
Estes dois deputados são membros da direcção do grupo parlamentar regional. Coito Pita é presidente da 1.ª comissão (Política Geral) (...) Tranquada Gomes é presidente da comissão de Regimento e Mandatos."

2 comentários:

Euronews disse...

no comments

detector de palhaçadas disse...

Tranquada Gomes é presidente da comissão de Regimento e Mandatos ?...

Que treta de comissão...! Eu também vou ser presidente da comissão de Comendas, decretos regulamentares e deontologia sanitária.